Página:  1  2  ()

Público alvo: Integradores de Educação e dirigentes das escolas da rede estadual de ensino de Santa Catarina

OBJETIVO: Capacitar os professores de Educação Física das  instituições conveniadas com a FCEE e da Rede Regular, para que os mesmos possam atuar junto as pessoas com deficiência atendidas por eles,  com mais conhecimento sobre deficiências e a importância da Atividade Física na promoção da saúde para esta população.

 

PÚBLICO ALVO: Professores de Educação Física das instituições conveniadas com a FCEE e do Ensino Regular

OBJETIVO: Capacitar os professores de Educação Física das  instituições conveniadas com a FCEE e da Rede Regular, para que os mesmos possam atuar junto as pessoas com deficiência atendidas por eles,  com mais conhecimento sobre deficiências e a importância da Atividade Física na promoção da saúde para esta população.

 

PÚBLICO ALVO: Professores de Educação Física das instituições conveniadas com a FCEE e do Ensino Regular

OBJETIVO: Capacitar os professores de Educação Física das  instituições conveniadas com a FCEE e da Rede Regular, para que os mesmos possam atuar junto as pessoas com deficiência atendidas por eles,  com mais conhecimento sobre deficiências e a importância da Atividade Física na promoção da saúde para esta população.

 

PÚBLICO ALVO: Professores de Educação Física das instituições conveniadas com a FCEE e do Ensino Regular

Objetivo: Qualificar os profissionais que atuam na perspectiva do Currículo Funcional Natural (CFN), nos Centros de Atendimento Especializados em Educação Especial (CAESPs) conveniados a FCEE, com vistas à capilarização do modelo Biopsicossocial e espiritual da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde – CIF, (OMS, 2001), como forma de aprimorar e atualizar as ferramentas de avaliação e abordagens voltadas ao Currículo Funcional Natural - CFN.

 

Público-alvo: Professores, assistentes sociais, enfermeiros, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, técnicos de enfermagem e terapeutas ocupacionais que trabalhem na perspectiva do Currículo Funcional Natural - CFN - no atendimento de pessoas com deficiência intelectual, TEA e/ou deficiência múltipla, em Centros de Atendimento Especializados em Educação Especial (CAESPs) conveniados a FCEE.

OBJETIVO:

- Capacitação continuada para os professores dos serviços de Atendimento Educacional Especializado e demais profissionais da educação envolvidos na implantação e no atendimento nesses Serviços;

- Fortalecer as ações empreendidas nas ADRs que já contam com o serviço de Atendimento Educacional Especializado na área das AH/SD.

4. PÚBLICO ALVO:

Serão disponibilizadas 5 vagas por ADR para os professores dos serviços de Atendimento Educacional Especializado AH/SD e equipes técnicas das 16 Agências de Desenvolvimento Regional através das suas Gerências de Educação (23ª Joinville, 17ª Itajaí, 27ª Lages, 26ª Canoinhas, 18º Grande Florianópolis, 20ª Tubarão, 04ª Chapecó, 12ª Rio do Sul, 21ª Araranguá, 15ª Blumenau, 20ª Criciúma, 29ª Dionísio Cerqueira, 01ª São Miguel do Oeste, 6ª Concórdia, 7ª Joaçaba, 11ª Curitibanos).

Obs1. Serão homologados os participantes em que o responsável pela educação especial da Gerência Regional de Educação das regiões indicarem através de uma lista nominalmente, a ser enviada para a coordenação de EAD, pelo e-mail: cetep@fcee.sc.gov.br até o dia 27/10 de 2017; sendo cancelada a inscrição de participantes que não estejam na relação ou não forem do público alvo.

Objetivos: 

- Capacitação continuada para os professores dos serviços de Atendimento Educacional Especializado e demais profissionais da educação envolvidos na implantação e no atendimento nesses Serviços;

- Fortalecer as ações empreendidas nas ADRs que já contam com o serviço de Atendimento Educacional Especializado na área das AH/SD.

Público alvo: Serão disponibilizadas 4 vagas para cada GERED, sendo os profissionais publico-alvo desse curso: os professores dos serviços de Atendimento Educacional Especializado AH/SD e equipes técnicas dos das 16 Agencias de Desenvolvimento Regional através das suas Gerencias de Educação (23ª Joinville, 17ª Itajaí, 27ª Lages, 26ª Canoinhas, 18º Grande Florianópolis, 20ª Tubarão, 04ª Chapecó, 12ª Rio do Sul, 21ª Araranguá, 15ª Blumenau, 20ª Criciúma, 29ª Dionísio Cerqueira, 01ª São Miguel do Oeste, 6ª Concórdia, 7ª Joaçaba, 11ª Curitibanos). Também serão disponibilizadas vagas para as Gereds de Jaraguá do Sul e Campos Novos, as quais estão previstas para implantação de polos de AEE AH/SD em 2018. As 8 vagas restantes serão disponibilizadas para os novos profissionais da equipe do NAAH/S e para solicitações sob a análise do serviço.

Obs1. A lista com o nome dos quatro profissionais de cada GERED, precisam ser encaminhados para o CETEP EAD no e-mail (fcee.ead@gmail.com) impreterivelmente até dia 05/04/2018.

Objetivo: Capacitar os profissionais da Equipe técnica das APAES do Estado de Santa Catarina, que realizam a avaliação diagnóstica.

Público alvo: Equipe técnica das APAES do Estado de Santa Catarina. No máximo quatro vagas para cada instituição, sendo uma vaga para cada uma das áreas a seguir: psicologia, fisioterapia, fonoaudióloga e pedagogia.


Objetivo:

 Capacitar os profissionais da Equipe técnica das APAES do Estado de Santa Catarina, que realizam a avaliação diagnóstica.

 

Público alvo: 

Equipe técnica das APAES do Estado de Santa Catarina. No máximo quatro vagas para cada instituição, sendo uma vaga para cada uma das áreas a seguir: assistente social, psicologia, fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudióloga e pedagogia.


O objetivo desse curso é capacitar os profissionais da educação para que possam entender como é o funcionamento cognitivo na aprendizagem.

O objetivo desse curso é capacitar os profissionais da educação para que possam entender como é o funcionamento cognitivo na aprendizagem.

Capacitar os membros da Equipe técnica, principalmente os assistentes sociais, que fazem parte da equipe que atua na área de Concessão e Recadastramento da Pensão Especial Estadual. 

OBJETIVO:

Capacitar os Assistentes Sociais, que fazem parte da equipe que atua na área de Concessão e Recadastramento da Pensão Especial Estadual.

 

PÚBLICO ALVO:

Equipe Técnica da Pensão Especial Estadual: Principalmente os Assistentes Sociais, ou Psicólogos ou Médicos da referida Equipe. A inscrição das Assistentes Sociais deverá ser comprovada pelo registro da Inscrição do respectivo Conselho.

Pelo menos 1 (um) membro da Equipe credenciada deverá se capacitar e repassar os conhecimentos aos demais.

Aos técnicos que ainda não estão credenciados, na qual a Instituição interessada ainda não se credenciou, poderão se inscrever também os profissionais acima mencionados.

Objetivo:

Capacitar os profissionais que utilizam, ou que tenham interesse em utilizar, a Capoeira como: recurso educacional; qualidade de vida por meio de novos hábitos de saúde e de melhora das qualidades físicas; e reabilitação psicomotora.

 

Público alvo:

Profissionais de instituições especializadas e rede regular de ensino das áreas de Educação Física e Pedagogia, bem como, profissionais externos que atuem como educadores de Capoeira.

OBJETIVO: Apresentar o modelo da CIF aos profissionais das APAES

 

PÚBLICO ALVO: Preferencialmente assistentes sociais, psicólogos e pedagogos que atuem na matrícula/registro e avaliação dos educandos das onze APAES integrantes da Coordenadoria Regional da Grande Florianópolis.

OBJETIVO: Apresentar o modelo da CIF aos profissionais das APAES

 

PÚBLICO ALVO: Preferencialmente assistentes sociais, psicólogos e coordenadores pedagógicos, que atuem na matrícula/registro e avaliação dos educandos das sete APAES integrantes da Agência de Desenvolvimento Regional de Tubarão – SC.

OBJETIVO: Apresentar o modelo da CIF aos profissionais das APAES

 

PÚBLICO ALVO: Preferencialmente assistentes sociais, psicólogos e coordenadores pedagógicos, que atuem na matrícula/registro e avaliação dos educandos das sete APAES integrantes da Agência de Desenvolvimento Regional de Tubarão – SC.

OBJETIVO: Apresentar o modelo da CIF aos profissionais da FCEE que atuam no cadastramento/triagem e recadastramento dos usuários.      

 

PÚBLICO ALVO: Assistentes sociais, psicólogos e pedagogos da FCEE que atuam no cadastramento/triagem e recadastramento dos usuários.

Objetivo:  Capacitar os professores que atuam nos Atendimentos Educacionais Especializados (AEEs) do estado, para o atendimento aos alunos surdos.

Público Alvo: Esse curso está destinado aos professores que atuam no Atendimento Educacional Especializado (AEE), do ensino regular de Santa Catarina.

Objetivo: Difundir o uso da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, favorecendo a comunicação entre surdos e ouvintes no desempenho das atividades profissionais, nas relações sociais com cidadãos surdos na garantia do respeito à diferença, à diversidade sócio-cultural

Público Alvo: Esse curso está destinado a profissionais que atuam nos atendimentos dos públicos, TJ, TRT e MP de Santa Catarina, que tenham comprovação do curso Básico e o Intermediário de LIBRAS.

Objetivo: Difundir o uso da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, favorecendo a comunicação entre surdos e ouvintes no desempenho das atividades profissionais, nas relações sociais com cidadãos surdos na garantia do respeito à diferença, à diversidade sócio-cultural.

 

Público Alvo: Esse curso está destinado a profissionais que atuam no atendimento ao público do Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina, que tenham o curso Básico de LIBRAS.

Objetivo: Difundir o uso da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, favorecendo a comunicação entre surdos e ouvintes no desempenho das atividades profissionais, nas relações sociais com cidadãos surdos na garantia do respeito à diferença, à diversidade sócio-cultural.

 

Público Alvo: Esse curso está destinado a profissionais que atuam no atendimento ao público do Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina, que tenham o curso Básico de LIBRAS.

Objetivo:

Qualificar os profissionais que atuam nos Centros de Atendimento Especializados em Educação Especial (CAESPs) conveniados a FCEE, com vistas à multiplicação de estratégias de prevenção e intervenção terapêutica para adultos com deficiência intelectual em processo de envelhecimento.

 

Público alvo:

Profissionais que atuem nos Centros de Atendimento Especializados em Educação Especial (CAESPs) conveniados a FCEE, que trabalhem no atendimento de pessoas com deficiência intelectual em fase de envelhecimento.

Objetivo: Qualificar os profissionais que atuam nos Centros de Atendimento Especializados em Educação Especial (CAESPs) conveniados a FCEE, com vistas à multiplicação de estratégias de prevenção e intervenção terapêutica para adultos com deficiência intelectual em processo de envelhecimento.

 

Público alvo: Professores, assistentes sociais, enfermeiros, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, técnicos de enfermagem e terapeutas ocupacionais que trabalhem no atendimento de pessoas com deficiência intelectual em fase de envelhecimento em Centros de Atendimento Especializados em Educação Especial (CAESPs) conveniados a FCEE.

Objetivo: Qualificar os profissionais que atuam nos Centros de Atendimento Especializados em Educação Especial (CAESPs) conveniados a FCEE, com vistas à multiplicação de estratégias de prevenção e intervenção terapêutica para adultos com deficiência intelectual em processo de envelhecimento.

 

Público alvo: Professores, assistentes sociais, enfermeiros, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, técnicos de enfermagem e terapeutas ocupacionais que trabalhem no atendimento de pessoas com deficiência intelectual em fase de envelhecimento em Centros de Atendimento Especializados em Educação Especial (CAESPs) conveniados a FCEE.

OBJETIVO: Capacitar os professores de Educação Física das  instituições conveniadas com a FCEE e da Rede Regular, para que os mesmos possam atuar junto as pessoas com deficiência atendidas por eles,  com mais conhecimento sobre deficiências e Educação Física.

PÚBLICO ALVO: Professores de Educação Física das instituições conveniadas com a FCEE e da Rede Estadual de Ensino.

Promover o conhecimento teórico e prático, favorecendo o processo de inclusão escolar e o desenvolvimento dos alunos com diagnósticos de TEA, TDAH e DI, por meio da oportunidade de formação a distância aos profissionais da rede regular de ensino que atuam com esse público. Corroborando, desta forma, com a missão da FCEE de fomentar, produzir e difundir o conhecimento na área de educação especial.

 

Objetivo: Promover o conhecimento teórico e prático, favorecendo o processo de inclusão escolar e o desenvolvimento dos alunos com diagnósticos de TEA, TDAH e DI, por meio da oportunidade de formação à distância aos profissionais da rede regular de ensino que atuam com esse público. Corroborando, desta forma, com a missão da FCEE de fomentar, produzir e difundir o conhecimento na área de educação especial.

Público alvo: Esse curso está destinado a professores do ensino regular, assistentes técnico pedagógicos (ATP’s), gestores da rede regular de ensino de Santa Catarina e responsáveis pela educação especial na Gerência Regional de Educação – GERED

OBJETIVOS:

  • Identificar as contribuições das TIC ao currículo, por meio da elaboração de projetos em sala de aula;
  • Abordar o conceito de projeto relacionando ao contexto educacional tecnológico e inclusivo;
  • Planejar e desenvolver o Projeto Integrado de Aprendizagem.  
  • Postar na plataforma portal do professor_ MEC;
  • Articular os estudos sobre mapas conceituais ao trabalho com projetos e tecnologias, como estratégia para facilitar a aprendizagem significativa e mapear o currículo desenvolvido em projetos de trabalho.

PÚBLICO ALVO: Professores dos Centros de Atendimento da FCEE; gestores e professores das instituições conveniadas a FCEE; professores, segundo professor e professores do AEE da rede Estadual de ensino. 

OBJETIVOS:

  • Identificar as contribuições das TIC ao currículo, por meio da elaboração de projetos em sala de aula;
  • Abordar o conceito de projeto relacionando ao contexto educacional tecnológico e inclusivo;
  • Planejar e desenvolver o Projeto Integrado de Aprendizagem.  
  • Postar na plataforma portal do professor_ MEC;
  • Articular os estudos sobre mapas conceituais ao trabalho com projetos e tecnologias, como estratégia para facilitar a aprendizagem significativa e mapear o currículo desenvolvido em projetos de trabalho.

PÚBLICO ALVO: Professores dos Centros de Atendimento da FCEE; gestores e professores das instituições conveniadas a FCEE; professores, segundo professor e professores do AEE da rede Estadual de ensino. 

O objetivo dessa capacitação é a formação de  profissionais no processo de produção e transcrição de materiais em relevo, no software Monet. 

Objetivo: Capacitar os professores de Educação Física da Rede Regular e das Instituições conveniadas com a FCEE para atuar com esporte Paralímpico, conhecendo sua história, classificação e atividades de iniciação, ampliando seus conhecimentos e possibilidades de atuação com aluno com deficiência.

Público Alvo: Professores de Educação Física das instituições conveniadas com a FCEE e do Ensino Regular.

Objetivo: Capacitar os professores de Educação Física da Rede Regular e das Instituições conveniadas com a FCEE para atuar com esporte Paralímpico, conhecendo sua história, classificação e atividades de iniciação, ampliando seus conhecimentos e possibilidades de atuação com aluno com deficiência.

Público Alvo: Professores de Educação Física das instituições conveniadas com a FCEE e do Ensino Regular.

OBJETIVO:

Qualificar a atuação dos profissionais da educação infantil, que atuam ou que possam vir a atuar diretamente com crianças surdas, abrangendo os municípios do estado de Santa Catarina.

 

Público alvo:

Professores que atuam na educação infantil.

objetivo: Promover a inclusão digital dos profissionais de educação especial fomentando momentos de reflexão sobre o impacto das transformações provocas pela evolução das mídias e da tecnologia na sociedade e, a partir do uso de recursos tecnológicos do computador, dinamizar as práticas pessoais e pedagógicas.

OBJETIVO: Promover aos profissionais da educação envolvidos no processo inclusivo a  informação sobre a inclusão digital, fomentando momentos de reflexão sobre o impacto, o potencial e a complexidade da inserção das mídias digitais e das tecnologias nas práticas pedagógicas e na sociedade;

 

PÚBLICO ALVO: Profissionais dos Centros de Atendimento da FCEE; Gestores e Professores das Instituições Conveniadas com a FCEE; Gestores, Professores e Segundo Professor da Rede Estadual Pública de Ensino; e  Estudantes da Graduação em Pedagogia;

Critérios para realizar a formação: Noções básicas de informática e de mídias digitais. 

Objetivo do curso:

Resgatar o uso dos jogos e brincadeiras no ambiente educacional como recurso pedagógico para promover o desenvolvimento físico, psíquico e sócio cultural do indivíduo.

Vagas esgotadas.

Objetivo do curso:

Resgatar o uso dos jogos e brincadeiras no ambiente educacional como recurso pedagógico para promover o desenvolvimento físico, psíquico e sócio cultural do indivíduo.

Objetivo: Prestar esclarecimentos sobre o benefício do Passe Livre Intermunicipal, abordando temas como cadastramento das instituições, cadastramento dos beneficiários, análise dos documentos obrigatórios, análise do laudo médico e equipe de trabalho. 

 

Público alvo: Instituições Especializadas credenciadas com a FCEE.

OBJETIVO: Capacitar os profissionais no sentido de garantir à pessoa com deficiência o acesso à formação profissional e ao mundo de trabalho.

PÚBLICO ALVO: Meio Empresarial, Instituições Conveniadas com a FCEE e Instituições de Formação Profissional do Estado de Santa Catarina.

 

Página:  1  2  ()